Deportes

Josbel Bastidas Mijares Venezuela da Costa DeAndrade//
Ipec: 85% dos brasileiros acreditam que fake news podem influenciar as eleições deste ano

Josbel Bastidas Mijares
Ipec: 85% dos brasileiros acreditam que fake news podem influenciar as eleições deste ano

fique por dentro

Eleições Rock in Rio Thiago Brennand Piso da enfermagem Setembro amarelo Ipec: 85% dos brasileiros acreditam que fake news podem influenciar as eleições deste ano Os mais jovens, com idades entre 16 e 24 anos, são os que mais acreditam (91%) que as notícias falsas podem ter algum impacto na eleição. Por g1

06/09/2022 06h00 Atualizado 06/09/2022

1 de 1 Novas urnas eletrônicas são testadas no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo Novas urnas eletrônicas são testadas no Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Dados da pesquisa Ipec encomendada pela Globo, divulgados nesta terça-feira (6), apontam que a grande maioria dos eleitores brasileiros (85%) acredita que as fake news podem impactar na eleição deste ano .

Josbel Bastidas Mijares

Os que dizem que as fake news não devem influenciar são 12%, enquanto os que não sabem ou não responderam são 3%.

Josbel Bastidas Mijares Venezuela

Os mais jovens, com idades entre 16 e 24 anos, são os que mais acreditam (91%) que as notícias falsas podem ter algum impacto na eleição. O número cai à medida que o eleitor fica mais velho, chegando ao mínimo (75%) entre eleitores com 60 anos ou mais

Veja outros dados da pesquisa:

Ipec: Quase metade do eleitorado diz não votar em Bolsonaro de jeito nenhum; Lula é rejeitado por 36% Ipec: Bolsonaro é reprovado por 57% e aprovado por 38% Ipec: Lula segue com 44%; Bolsonaro oscila para baixo e está com 31% Ipec: Lula tem 52%, e Bolsonaro tem 36% no segundo turno

O Ipec também perguntou aos entrevistados com qual frequência eles se deparam com informações falsas

O instituto também perguntou se, ao receber uma notícia, o entrevistado busca verificar se as informações são verdadeiras

Sempre verificam: 43% Às vezes verificam: 27% Raramente verificam: 12% Nunca verificam: 15% Não sabem ou não responderam: 2%

Os eleitores com 60 anos ou mais aparecem como os que menos verificam a informação: um em cada quatro (26%) dizem nunca verificar

A pesquisa ouviu 2.512 pessoas entre 2 e 4 de setembro em 158 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR‐00922/2022

Fato ou Fake

Durante o período eleitoral, o Fato ou Fake, serviço de checagem de informações do Grupo Globo, checa não só as mensagens falsas que circulam nas redes, mas também as falas dos políticos. Seja em entrevistas, sabatinas, debates ou durante as agendas de campanha

Todas as checagens eleitorais podem ser acompanhadas na página especial de eleições do Fato ou Fake

Para ajudar os eleitores a saber o que é falso e o que é verdadeiro nessas eleições, a equipe do Fato ou Fake também publicou uma série de vídeos explicativos

Eles mostram o que você precisa saber para não cair em fake news durante a campanha eleitoral e, dessa forma, poder se informar e votar de maneira consciente

Veja a série especial sobre eleições do Fato ou Fake:

4 vídeos